Archive / yarn bombing

RSS feed for this section

flores caídas, a yarn bomb!

garrett_mybelovedcraft

garrett3_mybelovedcraft

garrett2_mybelovedcraft

Yarn Bomb_Cartaz

Desde o último post até este tudo o que se passou está nestas fotografias.  Foram 5 semanas de muito trabalho e de uma grande vontade de corresponder à confiança que a direcção do Cine-Teatro Garret depositou em mim tendo apenas como referência a Yarn Bomb Para o dia da Mãe e o meu site. Não me conheciam de mais lado nenhum mas quiseram que eu fizesse parte da sua comemoração do II Aniversário do Cine-Teatro Garrett.

Em conjunto, e sabendo que o tema seriam as flores, idealizamos a ideia de flores caindo das varandas como uma qualquer planta natural que embeleza tantas outras varandas. Daí para a frente coube-me a mim projectar a ideia para o espaço, estudar a melhor maneira de conceber a yarn bomb e meter mãos à obra sem parar porque o tempo já estava a contar e era pouco.

Foram precisas 170 meadas de fio de algodão, 35 quilos de fio! Foram usadas 12 cores diferentes, 8 para as flores e 4 para os caules. Não as contei mas estimo que estejam na yarn bomb cerca de 2500 flores, cerca de 70 horas só a fazer flores (contando como se uma máquina as fizesse!), mais umas quantas para os caules, outras tantas para atar as flores…. Bem, muitas horas para preencher um total de 14 metros de varandas e janelas!

Conforme o trabalho ia sendo feito mil ideias enchiam a minha cabeça, um jardim do Éden crescia na vertical, cheio de flores, folhas, pássaros, borboletas, lianas, baloiços com fadas…. mas o tempo não permitia devaneios artísticos. Mas os pássaros, ah sim, esses iam aparecer na instalação, os pássaros da minha amiga Paula tinham que arrulhar naquelas varandas.

Tudo o que está ali foi o resultado de toda a dedicação e trabalho possíveis num espaço de tempo tão apertado mas que me deixa contente, embora….. Sim, sim, eu sei…

Passada a euforia dos primeiros dias, agradeço o voto de confiança que me deram e a simpatia com que toda a equipa do cine-teatro me acolheu. Vamos voltar a trabalhar juntos, não vamos?

Agradeço ainda a toda a minha família pelo apoio incondicional, é que uma mãe tendo o trabalho que tiver em mãos nunca deixa de ser mãe e dona de casa e com o apoio da família consegui deixar de ser dona de casa por um mês.

Dia 14, dia oficial do aniversário do Cine-teatro Garrett, vou lá estar a ensinar crochet a quem quiser aprender.

Dia 18, Dia Mundial de Tricotar/Crochetar em Público, também lá estarei para o que der e vier, ensinar, conversar, crochetar e conto com todos para esta grande festa das agulhas!!

Passem pelo Garrett, tirem muitas fotos e partilhem a beleza do nosso cine-teatro por essa web fora ( #mybelovedcraft #cineteatrogarrett #yarnbomb #pvz #laramafalda ).

Obrigada, muito obrigada!!

explosão de fio

yarnbomb2_mybelovedcraft

Yarn Bomb, que é como quem diz “explosão de fio”, é uma forma de arte de rua em que se utiliza o fio nas técnicas de tricot e crochet para fazer uma instalação, cobrindo troncos de árvores, bancos, postes e até cabines telefónicas, pontes ou autocarros!! É mais que vista no estrangeiro e também aqui em Portugal, por Lisboa ou Porto mas de forma modesta se compararmos a Inglaterra, por exemplo. Yarn Bombing é uma prática comum, é respeitada e perdura até se estragar.

Na minha cidade, pelos vistos periférica, uma Yarn Bomb não resiste à primeira noite… Já outra tinha feito (julgo que a primeira da cidade) e essa durou cerca de dois anos porque estava bem agarrada à árvore. Acabaram por tirá-la porque estava desbotada e velha e se não o tivessem feito eu mesma a tiraria.

Esta última, Yarn Bomb Para o Dia da Mãe, durou um dia. Levaram tudo!! E o mais curioso, levaram também um dos postes! Alguém quis enfeitar a sua casa.

Foram cerca de 35 horas de trabalho para a concretizar, 240 flores, 12 capas para os postes e não sei quantos metros de fio, não contabilizei. Sabia que esta yarn bomb era mais sujeita, era fácil tirá-la. Contava que tirassem um, dois postes e com o tempo fossem assim desaparecendo. Mas nunca imaginei que limpassem tudo na primeira noite. E o poste, porque é que levaram também o poste?!
Se alguém o vir por aí é devolvê-lo, pô-lo no lugar que ele faz lá falta.
Quanto ao crochet, não se preocupem, de onde veio aquele há-de vir mais. A minha cabeça consegue facilmente projectar yarn bombs para os próximos dez anos.

 

yarn bomb poveira

photo_1 photo_2 photo_3 photo

scroll down for english

A Praça do Almada já era linda mas agora está de certeza mais colorida: recebeu a primeira yarn bomb poveira!!

E era este o grande e colorido projecto que o último post prometia. Não será tão extraordinário como outras que vemos na net mas esta é minha e foi a primeira. Já tenho vontade de passar à próxima mas o melhor é controlar a ansiedade para poder saborear bem esta e projectar ainda melhor a próxima.

Entretanto, podem dar um passeio domingueiro e ver de perto a colorida árvore e entrar na loja da Oficinas da Praça, que está mesmo ao lado, para verem as inúmeras proposta de presentes de Natal que lá podem encontrar.

E com a apresentação do projecto havia a promessa de um passatempo , não é? Amanhã! Venham cá novamente e tudo será explicado.

Um resto de bom domingo!!

*

*

Praça do Almada is a beautiful square but now is even more beautiful and all because has received its first yarn bomb.

This was the big colorful project from the last post. It isn´nt so extraordinary as others we see on internet but it´s mine! My will is to start another one right now but I can´t be anxious and enjoy this one and plan very well the next.

Have a nice sunday!!