Archive / patterns and techniques

RSS feed for this section

a questão do ponto alto

É uma discussão antiga: afinal como se faz o ponto alto? Eu respondo: faz se como cada um aprendeu, afinal é tudo uma questão de nomes. Eu aprendi a fazer como mostro no segundo vídeo, com três laçadas de altura, dou uma laçada, apanho uma malha, mais duas e depois mais duas. Mas em todos os livros que tenho e pelo que vejo na net o tal double stitch é feito apenas com duas laçadas de altura, dá-se uma laçada, apanha-se logo duas malhas e depois mais duas e fica feito o ponto alto (isto de explicar o crochet por palavras tem que se lhe diga…) ou como diz a minha mãe, pau, um pau.
E vós, oh, crocheteiras do meu país, como fazeis o ponto alto? (detesto não gosto do “vocês”).

Entretanto, fica aqui a apresentação do meu canal no Youtube, vamos lá ver se vos apresento mais vídeos de moi-même a dar ao dedo.

manta para começar

IMG_4085

IMG_4083

Olá!! E Bom Ano para todos nós!
E já estamos no fim de Janeiro… tudo passa a correr e se não estamos atentos tudo o projectado e desejado na noite de 31 fica aí mesmo, na noite das resoluções.
Eu tenho umas quantas, umas exequíveis outras mais loucas mas afinal é pelo sonho que vamos. Este ano, eu e o meu grande companheiro de vida fizemos uma lista de objectivos a cumprir até 31 de dezembro, vamos lá ver como corre. Gostos de listas e esta foi, é especial.

Não estava na lista mas entrou de forma imperiosa: fazer uma mantinha para a cama da Clara. Parece impossível mas não tenho nenhuma manta feita por mim cá em casa! Foi preciso nascer a bonequinha para derreter a mãe e decidir que vale a pena perder serões a fazer mantas. De qualquer forma andava me a apetecer fazer crochet sem esquema, sem muita criatividade, aquele que mais parece um mantra, que se faz de cor com um olho na televisão (estou viciada na série Gran Hotel, na Sic Mulher) e o outro na agulha. E o que fazer? Tinha de ser o ripple ou chevron ou, melhor, as ondinhas que tanto gosto de ver. As cores? Bastou olhar para o arranjo de flores em cima da mesa e ter a certeza que aquelas cores iam ser o ponto de partida, são as minhas cores (e não outras que obrigaram a esquecer uma outra manta… cismei com aquelas cores!).

Com os serões preenchidos, espero agora pelas tardes livres para dar início a uns quantos projectos que voltarão a dar vida e dinamismo à My Beloved Craft depois de tanto tempo a meio gás. Filhos… três!

O esquema é este, para quem quiser fazer uma manta também. Alguém está disposto a fazer comigo?

novo ponto para velho projecto

photo (44)

photo (42)

photo (45)

photo (43)

scroll down for english

Ando a esvaziar a caixa dos restos que é como quem diz a acabar todos os bocadinhos de linha que vão sobrando de outros trabalhos. Para esta tarefa tenho de fazer pequenas coisas e para isso voltei aos meus inícios de crocheteira: saquinhos e mais saquinhos para isto e para aquilo, coisas que as meninas tanto gostam. A coisa é simples mas agora serão melhorados com forros e fecho e mais uns pequenos pormenores. O ponto também mudou. Deixei o velho ponto alto para usar um que ultimamente me sai das mãos tão naturalmente como as palavras da boca: o ponto espiga (chamo-lhe eu assim).

Os saquinhos são feitos em círculo e só por isso este ponto faz este efeito que lembra espigas, se fosse feito de modo linear este desenho perder-se-ia com o virar das carreiras. E era dessa forma que aparecia este ponto no livro de onde o tirei mas adaptei-o ao modo círcular a agora partilho convosco um esquema manhoso que desenhei agora mesmo para este post. Espero que me faça entender. Qualquer dúvida podem contactar me.

:::

new stitch for old project

It´s time to empty the box with remains of yarn of old projects. For that I chose the little bags that I used to make when I started this crochet life. And you know how girls love bags and little bags for this for that!…

But now it´s time to improve it. These ones will have lining and zipper and different stitch. 

The bags are made in circle and that´s why this stitch have this wheatstalk effect, if made linear it would be completely different.

I made this graphic right here, in a hurry for you. I hope it´s clear enough so that you understand. Some question send me an email.