tradicional

É como um mantra saído dos dedos!! Fazer o crochet dito tradicional torna-se um vício quando entra em modo automático, tornando-se mesmo numa espécie de oração que nos apazigua, clarifica e fortalece. De verdade!!

Gosto particularmente de fazer rosetas e as deste livro são bonitas, com mil possibilidades de belos trabalhos. Escolhi esta mais simples para fazer um pano de tabuleiro ou individual. Utilizei a linha n.º6 “Linho” (75% linho, 25% algodão), da Limol, o que lhe confere um estilo bastante rústico mas muito bonito, clássico.

E finalmente encontrei o trabalho digno de ser feito com esta linha, a rosa velho. Está a ficar lindo!