Tag Archives: crochet-cowl

workshop golas crochet

WORKSHOP - GOLAS_mybelovedcraftgolden_stitch_mybelovedcraft

Já vamos em contagem decrescente para o Workshop das Golas de Crochet e ainda cá não tinha vindo dar contas disso mesmo! Mas como quase todos que me acompanham andam também pelas bandas do facebook, está tudo tranquilo.
E é já no próximo sábado, dia 21, que vou ensinar, melhor, explicar a quem já faz crochet como faço as minhas golas, as golas em crochet sem emendas, circulares e em ponto rendado. O workshop começa às 15h e vai até às 18h. Não precisa trazer nada, tenho cá todo o material necessário. Vamos fazer duas mini golas e perceber quais os melhores pontos a usar e como ler os tais gráficos de crochet. A barriga não ficará vazia, pois claro, o bolo e chazinho estão garantidos. Pode ser de maçã e canela?
Ficou empolgado? Inscreva-se! Envie um email para lara@mybelovedcraft.com ou se preferir envie mensagem pela página do facebook.

Entretanto, golas de crochet não é o que ando a fazer mas o ponto que veem na foto, naquela linha linda! dourada!, bem que poderia ser utilizado numa. Depois dou-vos o gráfico.

Até sábado! Inscreva-se!

Ah! Se os gatos deixarem podem ainda posar com eles usando as golas que fizerem.

golas em crochet para todos

gola_mica_mybelovedcraftgola_inicio_mybelovedcraft  gola_pormenor_mybelovedcraft pontos_crochet_mybelovedcraft

Não sei se o frio chegará ou não, por aqui não anda, é certo. O que também é certo é que as golas em crochet vieram para ficar, são práticas, quentes e aconchegantes e o melhor é ter uma sempre pronta caso o frio se decida a cumprir calendário.
Todos os anos tenho que dedicar este período a fazê-las e este ano não é excepção, só não estão na loja porque ando ao gosto do freguês, só encomendas.
Entretanto, e a pedido de várias crocheteiras, estou a programar um workshop de golas em crochet! Isso. Quem quer saber como fazer uma gola rendada sem costuras, ao estilo My Beloved Craft, poderá fazer o primeiro workshop do próximo ano. Workshop onde vai também aprender a ler gráficos e a escolher os melhores pontos de crochet a aplicar na técnica circular para fazer as mais lindas golas do “handmade”. A ser usadas por humanos ou gatos. Ou cães.

Para já fica só o anúncio para que reserve já o sábado 14 de janeiro.

E como ainda faltam uns dias para o Natal, vai ainda a tempo de encomendar a gola de crochet da My Beloved Craft que aquela amiga tanto queria.

Para mais informações e encomendas envie um email  para lara@mybelovedcraft
Obrigada!

 

golas e diospiros

gola_mybelovedcraft

bolo_diospiro_mybelovedcraft

Já é sabido que a chuva no tempo certo é boa. E a um fim de semana até pode ser motor de produtividade. Foi o que acontece neste que passou.

De segunda a sexta é, na maioria do tempo, um para três e o tempo que sobra para fazer crochet não é muito. Há que ter a casa organizada e outras tarefas cumpridas, caso contrário há o caos. E no caos não há harmonia e na falta de harmonia não há felicidade.  A felicidade também é amiga das rotinas, até das enfadonhas.

Ao fim de semana já somos dois para três e com isso já posso escapar para o sofá e dar ao dedo até ficar tonta de tanto fixar uma agulha em movimentos curtos e repetitivos (juro que ao fim de uma hora paro por estar ourada, estarei a precisar de óculos?). A recompensa de me escapar do papel materno são onze novelos crochetados, traduzidos em três golas quentinhas, prontas a aquecer um pescocinho (pescoço, pescoço…. não é uma palavra muito bonita, pois não?) lindo e de bom gosto.

Ainda houve tempo para inventar um bolo para o lanchar: bolo de diospiro. Deram-mos e havia que fazer mais qualquer coisa com eles par além de os comer assim simples. Um bolo de diospiro, nozes e canela. Uma maravilha que quase não sobrava para o registo fotográfico.

Um fim de semana tranquilo, daqueles bons, serenos, que fazem bem, que têm o cheiro do outono.

 

 

P.S. : aqueles que me conhecem, devem perguntar: ” e então o teu pai? ele ajuda te muito”… E eu digo: o meu pai é uma extensão do meu papel de mãe. Sem ele não sei o que faria, melhor, seria tudo muito mais difícil. O meu pai ainda me educa todos os dias.